Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Psiônicos 5a edição - Homebrew!!
Ontem à(s) 9:11 pm por Felipe

» Old McCoy / Edwin
Ontem à(s) 5:36 pm por Felipe

» Giths, os Perigosos!!
Sex Maio 18, 2018 6:27 pm por Felipe

» Giff, os Inventores!!
Sex Maio 18, 2018 5:19 pm por Felipe

» Selina, a Calishita do Spelljammer!!
Qui Maio 17, 2018 3:42 pm por Felipe

» Fugitivos!!
Dom Maio 06, 2018 3:58 pm por Felipe

» Filactéria Amaldiçoada!!
Qua Abr 25, 2018 5:40 pm por Felipe

» A Flor de Jóia
Sab Abr 21, 2018 3:08 pm por Felipe

» Uma autêntica aljava élfica!!
Sab Abr 21, 2018 3:03 pm por Felipe

Maio 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário

Os membros mais marcados


A Comitiva de Torin-Moradim!!

Ir em baixo

A Comitiva de Torin-Moradim!!

Mensagem por Felipe em Sab Jan 06, 2018 7:20 pm

Barduk:

O anão teve pesadelos com vampiros a noite inteira. Dormiu mal, e o pouco que conseguiu pregar os olhos era sempre o mesmo sonho, onde o campiro morria a seus pés, mas numa reviravolta de perspectivas, era você que estava aos pés de um vampiro muito maior, do qual conseguia apenas enxergar os tornozelos.

O capelão é acordado aos berros, dizendo que a vila estava sendo cercada. E que feras das montanhas estavam descendo dos Picos da Tempestade às centenas, seus tambores podiam ser ouvidos a milhas de distância.
Ao espiar pela janela da taverna, ainda nem havia amanhecido, e já se podia ver grandes fileiras de tochas vindo das montanhas.

mas o mais marcante era um som incomum, um chifre de comando militar, um som berrante que Barduk nunca ouvira em toda vida.









Era como um encontro entre tribos anãs, como nos contos antigos. Tantos anões, vindos de tantas partes das montanhas, forças ofensivas, tropas armadas e exércitos montados em enormes javalis, que a população corria em desespero, trancando cada porta, cada janela.

À frente do gigantesco exército vinha uma tropa de bigas de guerra, e naquela central vinha um rosto já conhecido (e temido) de Barduk, acompanhado de um casal de anões do Escudo.

O Anão Gigante:



O casal de anões:



Quando se aproximam, Barduk identifica que a corneta horrorosa que ouvia vinha de uma das bigas.
Era o anão que vinha escoltado pelo enorme "anão-gigante", que com a própria voz, e um grito que parecia um terremoto, estremecia todo o vale em seu caminho.
avatar
Felipe
Admin

Mensagens : 3177
Data de inscrição : 12/10/2015
Idade : 40
Localização : São José dos Campos - SP

http://ospilaresdodestino.forumsrpg.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum